• Cidade: Ponta Grossa - Paraná
  • Entrada: R$15,00
  • Camping:
  • Tempo de Trilha: 15 minutos
  • Contato local: (42) 98834-7490

A Cachoeira da Mariquinha é uma Unidade de Conservação localizada a aproximadamente 30 quilômetros do centro da cidade. No percurso de acesso, a trilha é ladeada por formações de arenito e capões de mata nativa.

O acesso ao local se dá pela Rodovia do Talco – PR 513. No Km 18.6, a partir do campus Uvaranas da UEPG, logo após o vilarejo do Passo do Pupo, deve-se virar à direita para uma estrada não pavimentada. Após percorrer 1,4 Km deve-se virar à direita em uma bifurcação e seguir pela mesma estrada por 12 Km até chegar ao atrativo.

Para ter acesso à cachoeira é preciso pagar uma taxa de R$15 reais por pessoa, existem dois estacionamentos no local, um do lado na lanchonete e outro mais abaixo para quem vai direto para a cachoeira.

Antes de ir conhecer a cachoeira, fui fazer duas pequenas trilhas que existem antes logo na entrada, a primeira que fui conhecer é a trilha da Gruta do Quati, uma pequena trilha que te leva a uma formação rochosa, ali rende umas boas fotos pra você que gosta de registrar os passeios.

Agora vamos para a outra pequena trilha, a “Toca dos Morcegos”, para acessar essa trilha é preciso voltar a caminho da Gruta do Quati por onde veio, desce um pouco mais a rua, e já irá ver a placa da Toca dos Morcegos, aqui a trilha é bem fresca com muitas arvores, a toca não tem nada de mais, porém vale o passeio por dentro da mata.

Agora vamos entrar na trilha para a cachoeira, essa trilha é um pouco mais longa, porém uma trilha bem estruturada com caminhos definidos e pontes de madeiras, uma coisa legal que eu ví que tem algumas lixeiras no trajeto, porém alguns humanos infelizmente não sabem usar esses equipamentos avançados, encontrei algumas bitucas de cigarros e latas de cerveja jogada na trilha, cerca de 500 metros você chegará a base da Cachoeira da Mariquinha.

Aos pés da sua cascata de 30 metros de altura, forma-se um balneário. Um espaço para aqueles que buscam um contato harmonioso com a natureza, estes locais como a Mariquinha e o São Jorge, são locais frequentados por muita gente que quer passar o dia fazendo churrasco, ouvir música e tomar sua cerveja, o que pra gente que curte o contato com a natureza mais harmonioso não combina muito, neste local principalmente nos finais de semana, sempre tem muita gente e muita “bagunça” de som alto e pessoas mais alteradas, se você curte essa VIBE é um excelente local pra passar o dia, se você é como eu que prefere a calmaria, recomendo ir dia de semana para fazer a visita.

Abaixo uma galeria de fotos que fiz no local

Shares

You may also like

Shares